SPONSORED BY O-P-O
(Organization of the Phenomenological Organizations)


SUPPORTING PUBLISHERS


INFORMATION

1. SEE LAST ISSUES HERE
2. SEE OUR ARCHIVES HERE
3. SUBMIT CONTENT HERE
4.SUBSCRIBE HERE OR HERE
5. LINK YOUR PAGE TO RSS
6. TECHNICAL ASSISTANCE

Newsgroup of phenomenology
was started on the 2nd of May 2002

and it currently has
1967 members

PLEASE FORWARD THIS MESSAGE
to everybody you know who might be interested in such a newsletter

If you encounter any TECHNICAL PROBLEMS with receiving or displaying our newsletter, please check our FAQ page.

 

NEW BOOK: HEIDEGGER, LINGUAGEM E TRADUÇÃO

Apresentação Friedrich-Wilhelm von Herrmann: Saudação aos participantes no Colóquio Internacional Heidegger-Linguagem-Tradução

I. A questão da linguagem e da tradução

1. Linguagem, expressão e comunicação

António Marques: Linguagem, Sentido e Intencionalidade – Notas sobre a semântica dos jogos de linguagem em Wittgenstein

Pedro Alves: Para uma fenomenologia da comunicação

João Vila-Chã: Transcendentalidade e Diferença: Derrida e a desconstrução da Fenomenologia Husserliana da Linguagem

Florence Caeymaex: Merleau-Ponty: l’ontologie à la lumière des signes Mafalda de Faria Blanc: A edificação poemático-pensante do Ser  

2. A tradução como problema

Isabel Matos Dias: Tradução: palimpsestos e metamorfoses

Christine Zurbach: A Formação do tradutor: acaso e necessidade

Adriana Veríssimo Serrão: Entre a vivência e os princípios – Algumas notas sobre o acto de traduzir

André Barata: A Tradução e o problema da referência

Carlos Couto Sequeira Costa: (Per)versões da tradução: o que significa traduzir? Filosofia, Música, Pintura

Diogo Pires Aurélio: Como ser fiel a uma língua morta?

Filomena Molder: A interrupção catastrófica da tradução: a Torre de Babel

3. Os filósofos e a experiência filosófica de tradução

John Sallis: Sobre a tradução: de Platão a Heidegger

António Pedro Mesquita: Aspectos da língua filosófica de Aristóteles. Recomendações para uma tradução do léxico aristotélico que permita e estimule a interpretação

Arnaldo do Espírito Santo, João Beato e Maria Cristina Pimentel: Se os corações se puderam traduzir: As Confissões de Agostinho, uma experiência de tradução

João Maria André: Nicolau de Cusa e a força das palavras

Leonel Ribeiro dos Santos: Linguagem, Tradução e Interpretação no Humanismo dos séculos XV e XVI

Maria Luísa Ribeiro Ferreira: Uma hermenêutica da salvação em Espinosa

Teresa M. L. R. Cadete: A poltrona de Friedrich ou "uma certa disposição musical do ânimo" (Notas para uma reflexão conjunta em mesa redonda)

José M. Miranda Justo: Friedrich Schleiermacher – A tradução como tarefa da Dialéctica.

Fernanda Bernardo: Traduções-Perversões da justiça: de Heidegger a Derrida

João Tiago Pedroso de Lima: Tradução e desconstrução a partir de leituras de Jacques Derrida

Fernanda Henriques: Paul Ricoeur, linguagem, finitude e tradução

II. Linguagem e Tradução: A questão heideggeriana

Língua e linguagem em Heidegger. A língua e a linguagem de Heidegger.

Ingeborg Schüssler: Le langage comme « fonds disponible » (Bestand) et comme « événement-appropriement » (Ereignis) selon Martin Heidegger

Emmanuel Mejía: Parole et finitude dans la pensée de Martin Heidegger

Alexandre Franco de Sá: Linguagem e política: sobre uma Kehre implícita na filosofia de Martin Heidegger

Rui Sampaio da Silva: A linguagem em Ser e Tempo: uma perspectiva crítica

Carlos Morujão: A linguagem da metafísica e a questão do sentido do ser. A propósito de uma referência a Schelling em Brief Über Den «humanismus»

Paulo Alexandre e Castro: A Ontopotencialidade da linguagem em Heidegger

Adelaide Pacheco: Língua e História em Heidegger e Pascoaes

Bernhard J. Sylla: “Ein Ding sei, wo das Wort gewährt”. O papel paradigmático da linguagem em Heidegger

Traduzir um tradutor: Heidegger e a Tradução.

Irene Borges-Duarte: A tradução como fenomenologia: o caso Heidegger.

João Barrento: "Dar ouvidos à distância" – a pergunta sobre a traduzibilidade de Heidegger

Fernando Belo: Traduzir do grego para heideggeriano

Helga Hoock Quadrado: Traduzir Heidegger: princípio(s) sem fim à vista

Ivo de Gennaro: Geschichte und Historie: Ein Bericht aus der Übersetzungswerkstatt Maurizio Borghi: Dasein e traduzione – Note sull’esperienza traduttiva in lingua italiana

Jean-François Aenishanslin: Lógos: le lien, le legs. À propos de la traduction par Lacan du Lógos de Heidegger

Arturo Leyte: El intraducible ser

Franco Volpi: Heidegger, el problema de la intraducibilidad y la romanidad filosófica